OAB notificou SSP sobre vídeo de ex-escrivã em dezembro

Ex-escrivã, suspeita de corrupção dentro de uma delegacia, foi despida à força por delegados da Corregedoria da Polícia Civil

AE |

selo

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em São Paulo informou que, em dezembro do ano passado, comunicou a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o Ministério Público (MP) e o Tribunal de Justiça (TJ) do Estado a respeito do vídeo que mostra uma ex-escrivã despida à força por delegados da Corregedoria da Polícia Civil para realização de revista.

nullO episódio aconteceu em julho de 2009, no 25º Distrito Policial, em Parelheiros, na zona sul de São Paulo. A escrivã, suspeita de corrupção dentro de uma delegacia da cidade, pedia para ser revistada por mulheres, porém, foi despida à força pelos delegados.

Segundo o vice-presidente da OAB-SP, Marcos da Costa, a entidade recebeu o vídeo do advogado de defesa da escrivã e encaminhou para que as autoridades competentes averiguassem o caso. "Não recebemos nenhuma resposta, o que não significa que nenhum providência foi tomada", disse.

A OAB-SP afirma que irá verificar se o advogado de defesa tem problemas para desempenhar seu trabalho. "Primeiramente, a Corregedoria se negou a fornecer o vídeo, alegando que não era relevante para a defesa", contou Costa. O advogado, então, procurou a Ordem, que ajudou na obtenção do vídeo.

Na segunda-feira, a SSP afastou os delegados envolvidos no episódio. Em nota, a secretaria informou que "determinou a instauração de Processo Administrativo Disciplinar para apurar a responsabilidade funcional de cada um deles".

Foram afastados os delegados Eduardo Henrique de Carvalho Filho e Gustavo Henrique Gonçalves. "O terceiro delegado de polícia que participou da diligência, Renzo Santi Barbin, já não mais integra os quadros daquele departamento", segundo a SSP. O delegado Emílio Antônio Pascoal, à época titular da Divisão de Operações Policiais da Corregedoria, também será investigado.

    Leia tudo sobre: escrivãcrimepolícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG