Nove pessoas são detidas em manifestação na zona sul de São Paulo

Grupo chegou a bloquear a estrada do M'Boi Mirim e polícia utilizou gás de pimenta para conter o protesto

iG São Paulo |

Nove pessoas foram detidas durante a manifestação feita por cerca de 400 pessoas, nesta quinta-feira, na estrada do M'Boi Mirim, na altura da avenida Inácio Dias da Silva, na zona sul de São Paulo. A via ficou bloqueada durante parte da manhã pelos manifestantes, que pediam melhores condições de transporte público e dos serviços de saúde na região.

Alguns seguravam um cartaz com os seguintes dizeres: "A população está assustada pelos erros médicos cometidos no Hospital M. Boi Mirim! Queremos saúde de qualidade". Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o protesto acabou por volta das 10h.

De acordo com o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), durante o protesto durante a manifestação a Polícia Militar chegou a usar gás de pimenta e atirou bombas de gás lacrimogêneo para conter os manifestantes.

Por conta da manifestação, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) organizou, no início do dia, um desvio pela rua José Barros Magaldi, avenida Maria Coelho Aguiar e avenida João Dias. Por volta das 12h, não havia mais relexo no trânsito.

Esta é a terceira manifestação que aconteceu região neste ano, sendo que em todas elas a estrada do M’Boi Mirim foi travada.

Futurapress
Manifestantes protestam por melhorias no transporte público na zona sul de São Paulo

    Leia tudo sobre: protestozona sulsão paulocet

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG