Mulher que atirou cães pela janela no Guarujá será indiciada

Mulher de 53 anos prestou depoimento informal a polícia e será indiciada por maus-tratos

AE |

selo

Isabel Cristina Morais Dias Scrima, de 53 anos, acusada de atirar seus dois cachorros pela janela do 10º andar de um edifício , no bairro de Pitangueiras, no Guarujá, litoral sul de São Paulo, na madrugada desta quarta-feira, será indiciada por maus-tratos, segundo o delegado titular da Delegacia Sede Claudio Rossi. 

Após atirar seus dois cães, um basset de 6 anos e um pinscher de 16, que morreram na hora, e vários objetos, a turista gaúcha em férias na cidade prestou depoimento informal ao delegado plantonista. Logo em seguida, ela foi internada em um hospital, no bairro Vicente de Carvalho. Segundo a polícia, a filha da turista disse que a mãe sofre de transtorno bipolar. 

Leia também: Enfermeira que espancou yorkshire em Goiás não será presa

A confusão começou às 21h de terça-feira e durou até às 5h de ontem, quando a polícia foi chamada. Os bombeiros arrombaram o apartamento e a mulher foi hospitalizada. Um homem foi atingido na rua e sofreu ferimentos leves, mas não quis registrar a ocorrência. 

A mulher, segundo informações de "A Tribuna", foi transferida na noite de ontem após conseguir uma vaga em um hospital de Blumenau, em Santa Catarina, onde mora. Funcionários do hospital relataram que a paciente saiu do local da mesma forma que chegou: completamente desconexa e falando coisas sem sentido. 

O caso foi registrado na Delegacia Sede do Guarujá como prática de ato abusivo de animais e por arremesso ou colocação perigosa. A polícia irá investigar o caso.

    Leia tudo sobre: guarujámulher trantornadacachorros

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG