Mulher pula de carro em movimento quando bandidos entram para roubá-la

A mulher foi buscar a filha na escola quando dois bandidos entraram no carro. Com medo de um sequestro relâmpago, ela saltou

iG São Paulo |

Uma mulher saltou do próprio carro em movimento depois de que dois bandidos entraram no veículo, pegaram sua bolsa e, ao ver os cartões de crédito, decidiram que a levariam para sacar dinheiro em alguns bancos. Ela foi buscar a filha na escola, no bairro de Campo Grande, zona sul de São Paulo e, ao perceber que poderia ser vítima de um sequestro relâmpago ou sofrer abusos, decidiu pular do carro, de acordo com a polícia.

Os dois bandidos já haviam telefonado para um terceiro informando que a mulher possuía diversos cartões bancários e que seria melhor abandonarem o veículo dela e pegar outro carro. Os bandidos iriam se encontrar na Marginal Pinheiros.

Depois que a mulher pulou do carro, os bandidos saíram correndo atrás dela. Dois policiais da Delegacia de Repressão a Crimes Eletrônicos estavam fazendo uma ronda e viram os dois bandidos correndo e conseguiram prender um deles.

O rapaz, de 16 anos, foi levado para a delegacia, reconhecido pela mulher e seria encaminhado ainda nesta quarta-feira para a Fundação Casa. Enquanto a reportagem do iG conversava com o delegado que recebeu o caso, a mãe do jovem chegou à delegacia e não se conformava com a atitude dele. “Você me esquece. A gente aguenta tudo, agora roubar não dá. Seu aniversário é amanhã, mas eu não quero nem saber, você vai apodrecer na cadeia”, gritava, enquanto o filho tentava se desculpar e chorava. Ele faz aniversário na quinta-feira (15).

A mulher que pulou do carro teve ferimentos nas duas pernas e foi atendida no pronto-socorro Santana. O jovem vai responder por ato infracional de roubo qualificado por posse de arma, resistência, lesão corporal e sequestro relâmpago.

    Leia tudo sobre: sequestro relâmpagosão pauloescola

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG