Mulher fisga corpo durante pescaria no interior de SP

Pensando tratar-se de peixe ou enrosco, ela puxou e viu boiar o corpo de um homem

AE |

selo

Uma mulher fisgou um corpo durante pescaria no rio Sorocaba, no final da tarde de ontem em Votorantim, a 102 km de São Paulo. Ela pescava com vara e tinha lançado o anzol quando sentiu que havia alguma coisa na linha. Pensando tratar-se de peixe ou enrosco, ela puxou e viu boiar o corpo de um homem. A pescaria ocorria no trecho do rio que corta a área urbana, próximo da praça José Ermírio de Moraes, na Vila Dominguinho. Dezenas de curiosos se postaram na margem para ver o achado.

O Corpo de Bombeiros retirou o cadáver da água e o manteve coberto na margem até a chegada de peritos do Instituto de Criminalística de Sorocaba. O corpo apresentava ferimentos. De acordo com a Polícia Militar, o homem pode ter sido assassinado e jogado no rio ou caído por acidente e se afogado.

O local fica abaixo da Cachoeira da Chave, onde as pessoas costumam entrar na água para se refrescar. Nesse caso, os ferimentos poderiam ter sido causados pelas pedras das corredeiras existentes no trecho. Até a tarde de hoje o cadáver estava sem identificação no Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba. Um laudo deve apontar a causa da morte.

    Leia tudo sobre: pescariacorposão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG