Mulher é vítima de violência sexual no Metrô de SP

Em 19 de abril, uma supervisora de 26 anos registrou boletim de ocorrência depois de ser molestada em um vagão da Linha 2 - Verde

iG São Paulo |

Uma supervisora de 26 anos registrou ter sido molestada às 08h20 do dia 19 de abril deste ano em um vagão da Linha 2 - Verde, da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), de acordo com um boletim de ocorrência feito no mesmo dia no 78.º Distrito Policial (DP), dos Jardins.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima estava em um vagão cheio que trafegava entre as estações Paraíso e Brigadeiro, no sentido Vila Madalena. Um homem se aproximou, segurou o braço dela e mandou que a mulher ficasse quieta, ameaçando que, do contrário, ele machucaria o rosto dela. O suspeito, então, colocou uma mão por baixo da saia da vítima, rasgou a calcinha dela e a tocou.

Outros passageiros perceberam a ação do homem e tentaram intervir, porém não conseguiram detê-lo. A mulher ficou com algumas escoriações no rosto e foi encaminhada ao Hospital Pérola Byington, onde funciona o Centro de Referência da Saúde da Mulher. O caso foi encaminhado à Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom), responsável pelas ocorrências no Metrô.

Em nota, o Metrô afirmou que "nenhuma ocorrência que tenha atentado contra a dignidade sexual de usuário do Metrô foi registrada no sistema metroviário no dia 19 de abril de 2011". A investigação, segundo o texto, está a cargo da polícia. A companhia recomenda que qualquer comportamento inadequado percebido pelos passageiros seja imediatamente comunicado a um funcionário para as providências cabíveis.

Com AE

    Leia tudo sobre: abuso sexualmetrô

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG