Motorista embriagado oferece bebida a PM após acidente

Deivison Vieira, de 26 anos, entrou na contramão e atingiu outro veículo. Bêbado, ele chegou oferecer bebida em tom de deboche, disse policial

AE |

selo

Um motorista embriagado perdeu o controle de seu Opala verde, na Rua Jorge Duprat Figueiredo, região do Campo Belo, zona sul da capital paulista, na noite de terça-feira (18), entrou na contramão e bateu em um Celta preto que vinha na direção contrária. No chão do banco de passageiro do automóvel estavam diversas latas de cerveja vazias. De acordo com um policial militar que atendeu a ocorrência, o eletricista Deivison Vieira, de 26 anos, que dirigia o Opala, chegou a lhe oferecer bebida alcoólica, em tom de deboche.

Leia também: Juristas querem mais punição para quem dirige bêbado

AE
No chão do banco de passageiro estavam diversas latas de cerveja vazias. Na foto, interior do Opala

A ocupante do Celta teve ferimentos leves, foi medicada no Hospital São Luiz e liberada. O condutor do Opala fraturou o ombro e acabou encaminhado ao Hospital São Paulo. No 27º Distrito Policial (DP), onde o caso foi registrado, a fiança para o motorista bêbado foi fixada em cinco salários mínimos (cerca de R$ 3 mil). Como ele disse aos policiais não possuir o dinheiro, será preso em flagrante quando liberado pelos médicos.

Segundo uma testemunha, o Opala fez uma curva em alta velocidade e invadiu a pista contrária. Ao bater no Celta, girou e parou ao colidir com um Monza que estava estacionado. O teste do bafômetro de Deivison acusou teor alcoólico de 0,7 mg por litro de sangue, enquanto a quantia tolerada por lei é de 0,3 mg. 

O marido da condutora do Celta, o professor Léo Ricino, de 65 anos, contou, no local do acidente, que a mulher havia acabado de deixar a neta, de 2 anos, na casa da filha. "Graças a Deus a criança não estava no veículo. Esse moleque bêbado poderia ter provocado a morte dela", disse, indignado. O cinto de segurança da esposa de Ricino ficou preso e os bombeiros tiveram que retirar a porta do veículo para removê-la.

    Leia tudo sobre: acidentemotorista embriagadoembriaguez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG