Aurélio Macos Parreira foi baleado após uma discussão e morreu no local. Autor do disparo fugiu

selo

Uma briga de trânsito terminou na morte de um motoqueiro, na noite de ontem na Marginal do Pinheiros, região do Brooklin, na zona sul de São Paulo.

O crime ocorreu na pista sentido Jaguaré, próximo à Ponte Estaiada. Segundo testemunhas, após discutir com um motorista, o motoqueiro foi baleado e ainda caminhou cerca de 15 metros antes de cair entre dois carros.

O pintor Aurélio Marcos Parreira, de 36 anos, que trabalhava em uma multinacional, não chegou a ser socorrido, morreu no local. O autor do disparo fugiu e uma testemunha chegou a anotar as placas de um veículo que acreditava ser do assassino.

Policiais da delegacia do Brooklin localizaram o proprietário, mas concluíram que a testemunha havia se enganado. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) assumiu as investigações.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.