Motoqueiro morre ao cair no rio Tamanduateí, em São Paulo

Pessoa ligou para o 190 e afirmou ter visto um corpo no rio, a cerca de mil metros do cruzamento onde o acidente

AE |

selo

O motoqueiro José Ribamar de Mello Sobrinho, de 49 anos, morreu, no início da madrugada deste sábado, dia 21, após bater uma Honda CBX 250 CC contra a mureta e cair no rio Tamanduateí, no trecho junto ao cruzamento com a rua São Caetano, na região da Luz, no centro de São Paulo. 

O caso foi encaminhado para o 2º Distrito Policial, do Bom Retiro. Não se sabe ainda a causa do acidente, pois a pessoa que ligou para o 190 afirmou ter visto um corpo no rio, a cerca de mil metros do cruzamento, mas não testemunhou o acidente nem sabia que se tratava de um motoqueiro que havia sido arrastado pela correnteza até o local. 

José Ribamar era casa e pai de quatro filhos. Parentes estiveram na delegacia e, abalados, não quiseram falar com a imprensa.

    Leia tudo sobre: motoqueirotamanduateí

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG