Moradores acham manto de santa furtada em São Roque

Imagem de Nossa Senhora do Carmo, de mais de 200 anos, foi levada da capela do Quilombo do Carmo

AE |

selo

Moradores acharam hoje o manto de veludo que recobria uma imagem de Nossa Senhora do Carmo de mais de 200 anos, furtada na última terça-feira da capela do Quilombo do Carmo, em São Roque (SP) . A peça, que estava jogada em uma rua da área urbana, foi entregue à Polícia Civil. Os policiais que investigam o caso disseram que o achado pode indicar que a imagem foi levada por ladrões de arte sacra.

O manto, de confecção mais recente, não tinha o mesmo valor que a imagem e poderia servir para a identificação da relíquia furtada. Até hoje a escultura não tinha sido recuperada.

A santa era considerada a proprietária das terras pelos moradores da vila, reconhecida como remanescente de quilombo. No século 18, um fazendeiro doou 2.175 hectares á Nossa Senhora do Carmo, representada pela Província Carmelitana Fluminense.

    Leia tudo sobre: imagemsanta furtadasão roque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG