Ministério Público denuncia 42 por fraudes em cartões de crédito em SP

Entre os denunciados estão três empregados dos Correios, apontados como responsáveis pelo desvio das correspondências com cartões

AE |

selo

O Ministério Público Federal em São Paulo denunciou à Justiça 42 pessoas suspeitas de integrar quadrilhas que desviavam cartões de crédito de três centros de triagem dos Correios na capital. Estima-se que as quadrilhas que atuavam pelo menos desde 2010 tenham causado prejuízo superior a R$ 3,3 milhões. Os denunciados foram presos na operação Crédito Fácil, da Polícia Federal (PF), em 9 de novembro .  

AE
Material apreendido na operação Crádito Fácil, em São Paulo
Entre os denunciados por crimes contra a administração pública e o patrimônio de instituições financeiras, estão três empregados celetistas dos Correios, apontados como os responsáveis pelo desvio das correspondências com os cartões de crédito e débito. 

Também foram denunciados dois funcionários terceirizados dos correios e um ex-funcionário, demitido por justa causa. Entre os demais denunciados, alguns possuem mais de um número de CPF e muitos respondem por outros crimes.

 Os funcionários dos Correios separavam as correspondências enviadas pelos bancos aos correntistas, contendo os cartões. Em alguns casos, eles recebiam até R$ 300 por cada correspondência ou dividiam os "lucros" obtidos com o desbloqueio do cartão. 

Depois de desbloquear os cartões desbloqueados, as quadrilhas compravam produtos - principalmente TVs, eletrodomésticos e notebooks - que depois eram revendidos por valores abaixo dos praticados no mercado. Outra estratégia era utilizar os cartões de crédito para pagar contas de terceiros, como IPVA e multas de trânsito. Os criminosos chegaram a fazer empréstimos bancários de acordo com o limite permitido pelos cartões.

 Os denunciados responderão por formação de quadrilha, peculato, furto qualificado e corrupção de menor.

    Leia tudo sobre: correioscrédito fácilpolicia federal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG