Metrô de SP bate recorde de passageiros: 3,79 milhões

Marca histórica é atribuída ao fim de semana prolongado pelo feriado de 7 de setembro

AE |

selo

A Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) bateu um novo recorde de passageiros. No dia 3 deste mês, uma sexta-feira, 3,794 milhões de pessoas passaram pelas catracas das 57 estações das quatro linhas da empresa - Azul, Vermelha, Verde e Lilás. A Linha Amarela é operada pela iniciativa privada e não entra nessa conta. A demanda histórica é atribuída ao fim de semana prolongado pelo feriado de 7 de Setembro, o que teria levado as pessoas a utilizarem o meio de transporte.

O recorde anterior havia sido registrado no dia 7 de maio, também uma sexta-feira, mas sem feriado próximo. Naquela data, foram transportadas 3,791 milhões de pessoas, três mil a menos que no último dia 3 de setembro.

O metrô paulistano é o segundo no mundo em número de passageiros transportados em relação à extensão da rede. O índice é de 11,5 milhões de passageiros transportados por quilômetro de linha. A liderança é do metrô de Tóquio, no Japão, com 11,9 milhões de pessoas.

São Paulo tem hoje 65,3 quilômetros de linhas metroviárias e 11 milhões de habitantes. Já a capital japonesa possui 286,2 quilômetros de trilhos de metrô e 13 milhões de habitantes. Lá, como aqui, são duas as companhias que operam o sistema. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: metrôpassageirosrecorde

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG