Metalúrgico é encontrado morto e namorada é principal suspeita

Amante de 20 anos teria contratado sete homens para matar o metalúrgico de 67 anos. Corpo foi encontrado em matagal da zona Leste

Carolina Rocha, iG São Paulo |

Foi encontrado na manhã deste sábado, por volta das 11h30, o corpo do metalúrgico Nelson Paranhos, de 67 anos, no Morro do Gabiru, no bairro de Cidade Tiradentes, zona Leste de São Paulo. Ele estava desaparecido desde o início da semana e as investigações apontam que ele teria sido assassinado a mando de uma amante de aproximadamente de 20 anos.

Na quarta-feira, o irmão do metalúrgico fez um boletim de ocorrência no 54º DP notificando o desaparecimento de Paranhos e de um de seus carros, um veículo da marca Fiesta. Na quinta-feira, três homens foram presos dirigindo o carro, além de um outro veículo do metalúrgico, uma pick up S10.

Segundo o delegado Luiz Jesus de Castro, que investiga o caso, a amante, interessada em cerca de R$ 30 mil que o metalúrgico teria em sua conta bancária, teria contratado sete homens para efetuar o serviço. Ela teria armado uma emboscada para Paranhos, convidado o metalúrgico para ir a seu apartamento na noite de segunda-feira.

De acordo com as investigações, os homens contratados esperavam Paranhos no estacionamento e, assim que desceu do carro, ele teria sido rendido pelos indivíduos, que o levaram para uma mata no Morro do Gabiru, próxima ao prédio da amante. O metalúrgico foi amarrado, obrigado a dar as senhas de suas contas em banco e, em seguida, morto por asfixia. O corpo foi enterrado numa cova neste mesmo local.

De acordo com a chefia de investigação do 54º DP, os criminosos passaram a efetuar saques nas contas do metalúrgico. Eles pretendiam ainda vender os dois carros para um desmanche da zona Sul da capital. A amante e outros quatro participantes ainda não foram localizados.

    Leia tudo sobre: mortemorro do gabirumetalúrgicoamante

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG