Menina foge de casa e denuncia o padrastro por agressão no ABC

Segundo a polícia, criança foge de espancamento e diz que padrastro é traficante. Vendedor também é suspeito de abuso sexual

iG São Paulo |

Uma menina de 9 anos conseguiu fugir da casa onde mora na cidade de São Caetano do Sul, no ABC paulista, na tarde de domingo, e foi até uma unidade da Polícia Militar, no bairro Fundação, o mesmo em que mora, para "pedir ajuda" contra o padrastro.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), a criança disse que o padrasto batera em sua irmã e depois correra atrás dela com um pedaço de pau para agredi-la. Além disso, afirmou que ele esperava a mãe dela sair para trabalhar para traficar drogas.

De acordo com a polícia, a menina mostrou aos policiais uma mureta em frente à casa onde mora, que seria usada pelo vendedor ambulante E. S. L., de 29, anos, para estocar o entorpecente. No local foram apreendidas 170 trouxinhas de maconha.

Além da enteada, o suspeito tem duas filhas biológicas. Ao chegar à residência onde vive com elas e a mulher, na rua Heloísa Pamplona, policiais afirmam terem encontrado uma das meninas com luxações no rosto. A criança teria admitido ter sido espancada e dito que o pai costumava beijar e passar as mãos nas partes íntimas da enteada.

O vendedor foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia de São Caetano do Sul, onde foi autuado em flagrante por estupro, violência doméstica, lesão corporal e ameaça. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital Infantil e Maternidade Márcia Brado para exames.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG