Massa de ar seco mantém umidade baixa em SP

Segundo o CGE, as condições meteorológicas da capital paulista só devem mudar em 10 de julho

Agência Brasil |

Uma forte massa de ar seco mantém baixa a umidade relativa do ar na cidade de São Paulo neste domingo. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da capital paulista, a umidade relativa chegou a 40% durante a tarde.

De acordo com o CGE, nos próximos dias, as condições atmosféricas vão continuar favorecendo a ocorrência de baixos índices de umidade e dificultando a dispersão de poluentes, prejudicando a qualidade do ar.

A próxima noite e madrugada devem ser frias novamente, com temperaturas por volta de 13ºC, com possibilidade de formação de neblina entre o final da madrugada e início da manhã.

Neste domingo, segundo o CGE, todos os aeroportos de SP apresentaram névoa úmida ao amanhecer. De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a neblina causou a maioria dos atrasos nos voos hoje que partiram do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP). Dos 144 programados até às 16h, 55 (38%) haviam atrasado.

Segundo o CGE, as condições meteorológicas da capital paulista só devem ser alteradas em 10 de julho, quando a passagem de uma frente fria pelo oceano deve provocar chuvas leves na capital.

    Leia tudo sobre: são paulotempo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG