Mais um restaurante é alvo de arrastão em Pinheiros; veja o vídeo

Câmeras de segurança flagram momento em que homens armados invadem Empório Alto dos Pinheiros, na zona oeste de São Paulo

Mariana Castro, iG São Paulo |

Gilberto Topczewski
Interior do empório logo após o assalto: homens levaram carteiras, bolsas e celulares

O Empório Alto dos Pinheiros, localizado na Rua Vupabussu, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo, foi assaltado na noite desta quarta-feira por volta das 23h. A ação aconteceu durante a partida do Brasil pela Copa América. No momento, clientes jantavam e assistiam ao jogo.

De acordo com a Polícia Militar, cerca de 30 pessoas estavam no local quando quatro homens invadiram o bar, alguns pela área de serviço. Testemunhas relataram ter visto um grupo de seis. Após levaram carteiras, bolsas e celulares das vítimas, eles fugiram em um Agile prata, em direção à Avenida Pedroso de Moraes.

null

Segundo relatos de funcionários e clientes, os homens, jovens e bem vestidos, entraram no restaurante gritando "passa tudo". De acordo com o economista Victor Marinho, de 22 anos, que dividia a mesa com vários amigos na hora do assalto, apenas um dos criminosos estava com o rosto todo coberto. O outro cobria parcialmente a cara com o capuz da blusa.

Já Rafael Leão, também de 22 anos, conta que levou um "tapão no ouvido", apesar de não ter reagido. "Levaram tudo. Consegui ficar só com a chave do carro". Uma amiga que estava com eles na mesa foi ameaçada com uma arma. Para ela, vai ser difícil esquecer a expressão do assaltante.

A proprietária Roberta Teixeira da Costa não estava no local na hora do crime, mas chegou logo depois. Ela diz que assistiu às imagens das câmeras de segurança, que registraram a ação de cerca de um minuto e meio. Roberta disse ainda que iria registrar o caso no 14ª Distrito Policial, em Pinheiros. Segundo ela, o caixa não foi roubado.

Alpino e cerveja

Do local, um bar e restaurante onde também funciona uma mercearia, um dos homens levou apenas dois chocolates e uma cerveja. "Um deles, que estava armado, me perguntou se essa cerveja era boa. Eu disse que sim e ele levou", diz o gerente Robson Edgar Cristiniano. Ao ver os assaltantes entrarem no empório ele conta que sentiu medo. "Coloquei a mão na gravata para não perceberem que sou o gerente. Na hora, pensei logo nos meus filhos".

Outros casos

No mês passado, no mesmo bairro e bem perto dali, o restaurante Nicota, localizado na Rua Costa Carvalho, foi alvo de dois arrastões no mesmo fim de semana . Homens armados invadiram o local e roubaram os clientes.

Desde o início do ano, esse tipo de crime tem sido recorrente nas regiões de Pinheiros e Vila Madalena, zona oeste da capital. O bar japonês Tanuki, localizado na Vila Madalena, foi assaltado na noite de quarta-feira de cinzas. No dia anterior, o Pita Kekab, em Pinheiros, também foi roubado. Homens levaram celulares, carteiras e bolsas dos clientes.

Prejuízo também teve o dono do Rothko, na Vila Madalena, assaltado em 23 de fevereiro. Além dos pertences de quem estava no bar, levaram garrafas de vinho e uísque. No dia 24 foi a vez do La Trattoria e nos dias 12 e 13 de fevereiro, respectivamente, do Sakkana Sushi e do Kioku Japanese Food.

Em março, o delegado do 14º Distrito Policial, Ricardo Arantes Cestari, disse que pediu ajuda da Polícia Militar para reforçar a segurança na região .

* Com AE

    Leia tudo sobre: são pauloarrastãoassaltocrime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG