Mãe esfaqueada pelo filho morre no interior de São Paulo

Maria Aparecida tentou defender o marido do ataque do filho, que é viciado em drogas. O padrasto do jovem também morreu

AE |

selo

A aposentada Maria Aparecida da Silveira Camilo, de 52 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira, na Santa Casa de Franca, no interior de São Paulo. Ela foi esfaqueada pelo próprio filho, José Luís da Silveira, de 28 anos, na noite anterior.

Maria Aparecida tentou defender o marido, o lavrador Eurípedes Henrique Camilo, de 56 anos, do ataque do filho, que é viciado em drogas. As agressões ocorreram em casa, no Jardim Santa Bárbara.

O padrasto Camilo morreu no banheiro da residência. Maria Aparecida foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos no pescoço e no abdome. Silveira fugiu e disse a vizinhos que a mãe estaria dormindo. Ele foi preso na tarde de quarta-feira, após denúncia anônima, e responderá processo por duplo homicídio.

    Leia tudo sobre: assassinatofranca

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG