Lixeiros fazem greve em Curitiba por aumento salarial

Funcionários de empresa pedem reajuste salarial de 20% e aumento nos vales refeição e alimentação de 50%

AE |

selo

Funcionários da empresa Cavo, de coleta de lixo e varrição em Curitiba,iniciaram na manhã de hoje paralisação dos trabalhos. Eles pedem reajuste salarial de 20% e aumento nos vales refeição e alimentação de 50%.

Por meio de nota, a Prefeitura de Curitiba disse que "notificou a empresa Cavo - Serviços e Saneamento S.A. a regularizar imediatamente a coleta domiciliar de lixo e a justificar a interrupção parcial do serviço".

Segundo o Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba e Região, os funcionários pedem ainda redução na jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais e que os caminhões de lixo saiam com quatro funcionários, ao invés dos dois atuais.

A prefeitura afirmou que "a empresa tem 48 horas para prestar esclarecimentos, sob pena de receber multa diária de R$ 15 mil". Uma assembleia do sindicato está marcada para amanhã para definir os rumos da greve.

    Leia tudo sobre: lixeiroscuritibagreve

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG