Leão e girafa morrem no Zoológico de São Paulo

Leão tinha suspeita de doença renal e girafa, timpanismo

AE |

selo

Em menos de um mês, o Zoológico de São Paulo, localizado na zona sul da capital paulista, perdeu dois animais de grande porte. A girafa Cristal morreu na manhã do último dia 5, provavelmente por causa de timpanismo, doença muito comum entre ruminantes e equídeos. A suspeita de que ela estivesse com a doença surgiu em abril deste ano; após tratamento ela havia apresentado melhoras.

Nos dias que antecederam seu óbito ela apresentava comportamento normal, de acordo com os veterinários. Na manhã do dia 5, ela foi encontrada em seu recinto caída no chão e chegou a vomitar antes de morrer.

O leão Esperto morreu no dia 28 de junho. Ele tinha aproximadamente 17 anos e tinha suspeita de doença renal. No dia, ele seria submetido a exames, e, por isso, foi anestesiado. Durante este último procedimento o animal apresentou parada cardiorrespiratória. Os veterinários tentaram ressuscitação cardiopulmonar durante 15 minutos, porém sem sucesso.

    Leia tudo sobre: zoológicogirafaleão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG