Laudo sobre morte de criança em hipermercado indica falha em freezer

Delegado conclui inquérito sobre morte de Eloá Ferreira, de um ano, ao levar choque em Campinas (SP), mas não indica culpados

Lecticia Maggi, iG São Paulo |

O Instituto de Criminalística (IC) encaminhou, nesta quarta-feira, as conclusões sobre a morte de Eloá Ferreira, de um ano e dez meses, após encostar em um freezer do hipermercado Atacadão, em Campinas, interior de SP, em 21 de dezembro de 2010.

Segundo informações passadas ao iG pelo delegado Tadeu de Brito, do 7º DP da cidade, responsável pelo caso, o freezer apresentava diversas falhas que culminaram na morte da criança após um choque, tais como: fio desencapado e falta de aterramento, que possibilitava fuga de corrente elétrica para dentro da máquina. Além disso, o laudo indica que a parte de trás da máquina não estava isolada e havia corrente elétrica passando, inclusive, em uma barra de ferro que servia para isolar o equipamento.

O delegado, porém, disse que irá encaminhar o caso à Justiça sem o nome de um possível culpado. O relatório indica apenas alguns funcionários do hipermercado que poderiam ter algum tipo de responsabilidade pela manutenção da máquina. "É necessário que a Justiça examine para ver se alguém pode ser responsabilizado. Entendo que há falhas, mas não achei um elemento direto que aponte um responsável", afirmou. "Se a Justiça entender que há indício de que alguém específico foi culpado, me encaminha novamente o caso para continuarmos a investigar", disse. Essa pessoa pode responder por homicídio culposo (quando não há intenção).

Na manhã de terça-feira o gerente do Atacadão e um técnico prestaram depoimento, mas pouco acrescentaram ao caso, alegando que foi uma "fatalidade".

A reportagem entrou em contato com o Grupo Carrefour, responsável pelo hipermercado, que afirmou que "o Atacadão ainda não teve acesso ao laudo do Instituto de Criminalística". "A empresa reitera que continuará a empreender todos os esforços em colaborar com as autoridades para imediata apuração e esclarecimento dos fatos", diz nota oficial enviada pela empresa.

    Leia tudo sobre: mortecriançahipermercadocampinasfreezerchoque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG