Funcionários da empresa Rodoanel Sul 5 Engenharia serão indiciados por homicídio culposo

A Justiça responsabilizou, na quarta-feira, dois engenheiros da empresa Rodoanel Sul 5 Engenharia e concluiu que ficou configurado o crime de desabamento culposo, no caso da queda de três vigas em obra do trecho do Rodoanel. O acidente, no km 279 da rodovia Régis Bittencourt, deixou três feridos e danificou três veículos. O inquérito policial foi instaurado pela Polícia Civil de Taboão da Serra para apurar as causas do acidente, em novembro de 2009, na rodovia Régis Bittencourt, e entregue ao Ministério Público em janeiro deste ano.

A promotora de Justiça de Embu, Fabiana Sabaine, aguarda a conclusão do laudo de exame de corpo de delito complementar de uma das vítimas e a cientificação das empresas envolvidas acerca de laudo pericial complementar, elaborado pelo Instituto de Criminalística, para se manifestar.

Também havia sido instaurado um inquérito civil na promotoria de Justiça de Patrimônio Público e Social da Capital para apurar supostas irregularidades na execução do contrato entre a Dersa e as empreiteiras. A promotora Andréa Chiaratti do Nascimento optou pelo arquivamento do inquérito por não encontrar indícios de irregularidades.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.