Juiz estipulou fiança após ter informação de que carro em que grávida estava teria ultrapassado farol vermelho na hora do acidente

selo

A Justiça de São Paulo estipulou nesta quarta-feira, uma fiança de R$ 20 mil para o motorista Carlos Alberto Aparecido de Souza Dias Fiore, de 29 anos, acusado de provocar a morte de uma mulher grávida e o bebê, em um acidente , na madrugada do último domingo, dia 1º, na zona sul de São Paulo.

O caso: Motorista envolvido no acidente em que grávida morreu já respondia a inquérito

Fiore ao fazer exame no Instituto Médico Legal
Oslaim Brito/Futura Press
Fiore ao fazer exame no Instituto Médico Legal
Após o pagamento da fiança, Fiore poderá deixar a cadeia e responder o processo em liberdade. A decisão foi tomada pelo juiz Alexandre Jorge Carneiro da Cunha Filho, a partir de informações de que o carro das vítimas, um Fiat Idea, teria ultrapassado farol vermelho na hora do acidente. Por conta disso, "entendo que a ordem de prisão cautelar não pode ser mantida tal como lançada".

A comerciante Lilian dos Santos, de 30 anos, tinha passado o réveillon com parentes e retornava para casa quando seu Fiat Idea foi atingido pelo Peugeot 207 dirigido por Fiore. O acidente ocorreu em cruzamento no Jardim da Saúde, na zona sul.

Fiore foi preso em flagrante por embriaguez ao volante, homicídio doloso e lesão corporal. Laudo atestou que ele estava bêbado. Fiore já havia sido detido por dirigir embriagado em 2010.

Mulher de 30 anos chegou a ser levada ao pronto-socorro, mas não resistiu aos ferimentos
AE
Mulher de 30 anos chegou a ser levada ao pronto-socorro, mas não resistiu aos ferimentos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.