Justiça determina fiança de R$ 54 mil a motorista que atropelou três no Itaim

Nacib Orra, de 20 anos, foi preso em flagrante na segunda (17). Polícia diz que ele apresentava sinais de embriaguez e não possuía habilitação

iG São Paulo |

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) concedeu liberdade provisória ao jovem Nacib Muhammed Orra, de 20 anos, e determinou possibilidade de fiança no valor de R$ 54,5 mil. Segundo TJ-SP, até o momento, não há nos autos a informação confirmando se a fiança já foi paga ou não. A decisão foi tomada na terça-feira à noite (18) pela juíza Cláudia Ribeiro, do Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo).

Relembre o caso: Jovem atropela três em ponto de ônibus no Itaim em São Paulo

AE
Após acidente, ponto de ônibus está destruído na Avenida Juscelino Kubitschek, zona sul de São Paulo
O promotor de Justiça da 3ª Promotoria de Justiça Criminal, Rodrigo Mansour, havia opinado nesta terça-feira, 18, pelo indeferimento do pedido de libertação de Orra, por entender necessária a manutenção da prisão.

Na segunda (17), três pessoas ficaram feridas em um atropelamento na Avenida Juscelino Kubitscheck, no Itaim Bibi, zona sul de São Paulo. Uma mulher e dois homens estavam em um ponto de ônibus, por volta das 5h30 de domingo (16), quando foram atingidas por um Honda Civic conduzido por Orra. 

Policiais militares foram até o local do acidente e encontraram o veículo sobre a calçada e o ponto de ônibus destruído. Os agentes informaram que Orra apresentava claros sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste bafômetro. Como não possuía habilitação, o jovem foi preso em flagrante por lesão corporal dolosa e encaminhado ao 14º DP.

À polícia, Orra disse informalmente que durante a madrugada estava em uma casa noturna e que havia tomado três doses de uísque. Ao trafegar pela Av. Juscelino Kubitscheck, segundo ele, teria perdido o controle do carro ao acelerar para alcançar um amigo.

As vítimas foram encaminhadas para o pronto-socorro de Sabóia e Hospital das Clínicas. Em depoimento à polícia, uma das vítimas - um barman de 24 anos - disse que estava esperando o ônibus quando viu um carro em alta velocidade o atingindo e as demais vítimas. No acidente, Orra ficou levemente ferido e irá responder por lesão corporal dolosa, embriaguez ao volante, dirigir sem permissão ou habilitação e tráfego em velocidade incompatível. Preso ele seria encaminhado ao 91º DP.

    Leia tudo sobre: acidentemotorista embriagadoembriaguezatropelamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG