Justiça determina e ônibus voltam a circular no ABC

Paralisação afetava aproximadamente 200 mil passageiros por dia. Ferroviários fecharam acordo e trens circulam normalmente

iG São Paulo |

O Sindicato dos Trabalhadores das Empresas de Transporte Rodoviário da Região do ABC, diante de uma determinação da Justiça, decidiu recuar e encerrar a greve da categoria. A decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) garante reajuste salarial de 7,8% para os trabalhadores e seis meses de estabilidade. Por dois dias consecutivos, o transporte coletivo no ABC ficou comprometido com a paralisação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e do transporte municipal e intermunicipal.

Segundo o próprio sindicato, durante assembleia realizada nesta manhã, os trabalhadores votaram favoravelmente para o fim da greve. Com isso, eles retornaram aos postos de trabalho a partir das 10h. "Foi uma decisão judicial e contra isso não podemos fazer nada", afirma um dos diretores da organização, Marcos Aleixo, antes de comunicar aos trabalhadores a decisão da Justiça.

Segundo balanço da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU/SP) a criculação dos ônibus na região está sendo normalizada gradualmente. Por volta das 16h, 95% dos ônibus já circulavam pelas cidades da região do ABC paulista. Segundo a empresa, a expectativa é que todos os ônibus já estejam disponíveis à população, ainda hoje, nos horários de maior movimento.

Em relação aos trólebus, 104 ônibus faziam no início da tarde o percurso do corredor entre São Mateus até Jabaquara, o que representa 70% da frota.

Com duração de dois dias, a greve afetou Santo André, São Bernardo do Campo, Mauá, Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires. A EMTU chegou a informar que o movimento grevista atingia aproximadamente 200 mil passageiros diariamente. Os trabalhadores da categoria queriam 15% de aumento nos salários.

Também na quinta-feira, os metroviários de São Paulo decidiram aceitar a proposta apresentada pelo Metrô e encerraram a campanha salarial.

AE
Após dois dias de greve, trens da CPTM voltam a circular na Estação Luz, região central de SP

CPTM

Os trens voltam a circular normalmente na manhã desta sexta-feira, dia seguinte à greve dos funcionários que causou transtornos a moradores de 22 cidades da região metropolitana de São Paulo. O início das operações ocorreu às 4 horas e, segundo a assessoria da CPTM, o serviço em todas as 89 estações das seis linhas está normalizado. A estimativa era de que cerca de 2,4 milhões de pessoas foram prejudicadas por dia.

    Leia tudo sobre: greveparalisaçãoônibustransporte coletivo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG