Justiça de Campinas proíbe Marcha da Maconha

Manifestação estava previsto para ocorrer no próximo sábado, a partir das 13 horas, no Largo do Rosário, no centro da cidade

AE |

selo

A Justiça de Campinas, no interior paulista, proibiu nesta quarta-feira a realização de uma passeata em defesa da liberalização da maconha. O evento estava previsto para ocorrer no próximo sábado, a partir das 13 horas, no Largo do Rosário, no centro da cidade. 

De acordo com a decisão do juiz Maurício Henrique Guimarães Pereira Filho, da 5ª Vara Criminal de Campinas, "não cabe ao magistrado, neste momento, fazer qualquer juízo a respeito da pretensão de ver o porte e consequente uso de canabis sativa L, elencada como droga ilícita, ser descriminalizado, mas sim analisar e, eventualmente, coibir práticas que encontram moldura em tipos penais incriminadores e que nada têm a ver com a pretensão salutar de ver alterada legislação, no caso, penal".

Na capital paulista, após proibição da Justiça, uma manifestação pela liberdade de expressão acabou em confusão entre manifestantes e policiais.

    Leia tudo sobre: marcha da maconhacampinaslargo do rosário

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG