Crime teria ocorrido em 2005, na zona oeste da capital paulista

selo

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) condenou Anderson Mendes Hermes de Araújo a quatro anos e oito meses de prisão, em regime inicial semiaberto, pela tentativa de assassinato contra Reinaldo Aparecido Fernandes, seu comparsa em crimes.

O crime teria ocorrido em 2005, na zona oeste da capital paulista. Reinaldo, então menor de idade, Anderson e outras pessoas planejaram um assalto a uma loja de aparelhos celulares, mas foram presos pela Polícia Militar (PM).

Anderson foi detido por porte de arma e pediu que Fernandes, por ser menor de idade, assumisse o crime e o deixasse livre. O comparsa se recusou a aceitar. Quando ficou livre, Anderson decidiu matar Fernandes, por vingança. Segundo a decisão da juíza Suzana Jorge de Mattia Ihara, do 5º Tribunal do Júri de São Paulo, Anderson poderá recorrer da sentença em liberdade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.