Justiça condena jovem que tentou matar comparsa

Crime teria ocorrido em 2005, na zona oeste da capital paulista

AE |

selo

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) condenou Anderson Mendes Hermes de Araújo a quatro anos e oito meses de prisão, em regime inicial semiaberto, pela tentativa de assassinato contra Reinaldo Aparecido Fernandes, seu comparsa em crimes.

O crime teria ocorrido em 2005, na zona oeste da capital paulista. Reinaldo, então menor de idade, Anderson e outras pessoas planejaram um assalto a uma loja de aparelhos celulares, mas foram presos pela Polícia Militar (PM).

Anderson foi detido por porte de arma e pediu que Fernandes, por ser menor de idade, assumisse o crime e o deixasse livre. O comparsa se recusou a aceitar. Quando ficou livre, Anderson decidiu matar Fernandes, por vingança. Segundo a decisão da juíza Suzana Jorge de Mattia Ihara, do 5º Tribunal do Júri de São Paulo, Anderson poderá recorrer da sentença em liberdade.

    Leia tudo sobre: justiçasão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG