Justiça autoriza casamento homossexual em SP

Após o STJ autorizar o casamento civil de duas mulheres no Rio Grande do Sul, casal de Franca procurou a Defensoria Pública

AE |

selo

A Defensoria Pública de São Paulo na cidade de Franca, interior do Estado, obteve no último dia 11 determinação judicial para o casamento de homens no município. A informação foi divulgada na tarde desta quarta-feira. Em Bauru, juíza barrou casamento gay .

O casal já havia feito o pedido de casamento em fevereiro, antes do reconhecimento da união estável homoafetiva pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O casal teve o pedido negado pela justificativa de falta de fundamento legal.

Veja os direitos que os homossexuais ganham com a decisão do STF

Após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizar o casamento civil de duas mulheres no Rio Grande do Sul, em outubro , o casal de Franca foi novamente ao cartório para realizar seu casamento. Houve nova negativa do pedido e o casal decidiu procurar a Defensoria Pública na cidade. Após a manifestação da Defensoria, o juiz corregedor Humberto Aparecido Rocha determinou a realização do casamento.

    Leia tudo sobre: casamento gaysão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG