Jovens de classe média furtam escola pública no ABC

Adolescentes furtaram computadores, monitores e máquinas fotográficas, mas foram presos em seguida pela polícia

AE |

Dois adolescentes de classe média invadiram uma escola pública de educação infantil em São Caetano do Sul, no Grande ABC, e furtaram dois computadores, dois monitores de LCD, duas máquinas fotográficas, uma filmadora e um aparelho de DVD. A dupla foi apreendida instantes depois, fugindo a pé com os bens furtados,  por volta da 0h desta quarta-feira. Um deles havia estudado no local.

A Escola Municipal de Educação Infantil Fortunato Ricci atende crianças de até 6 anos e já havia sido assaltada havia duas semanas, segundo a Guarda Civil Municipal, mas ninguém foi preso. Desta vez, uma testemunha viu os jovens passando os objetos por cima do muro e chamou os guardas municipais.

Os adolescentes, de 15 e 16 anos, moram nos bairros Olímpico e Barcelona, considerados de classe média e média alta na cidade. "Um deles acabou de voltar da África do Sul, onde assistiu à Copa do Mundo com o pai", disse um guarda civil. Segundo ele, a mãe de um deles reconheceu na delegacia que o filho tem se envolvido em situações de risco.

A dupla quebrou o vidro de uma janela para abrir o fecho, entrou na escola e arrombou a porta da sala da diretoria, onde estavam os bens furtados. Os monitores de LCD eram novos e ainda estavam sem a etiqueta de patrimônio público. O caso foi registrado no 1º DP da cidade.

    Leia tudo sobre: adolescentesfurtoabcescola

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG