Jovem que raptou bebê em SP é solta

Adolescente se passou por funcionária da maternidade e levou a criança; internação havia sido decretada na quinta-feira

iG São Paulo |

Um alvará de soltura expedido no sábado pelo desembargador Pedro Luiz Aguirre Menin, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), pôs em liberdade a adolescente de 15 anos que estava internada na Fundação Casa (antiga Febem) após, na tarde de terça-feira, raptar uma recém-nascida da maternidade Leonor Mendes de Barros, no Brás, região centro-leste da capital. A adolescente resolveu raptar o bebê depois de sofrer um aborto espontâneo.

O alvará de soltura foi concedido após o advogado da adolescente entrar com um pedido de habeas corpus durante o plantão do TJ-SP neste fim de semana. 

Entenda o caso

Com um jaleco branco e fingindo ser estudante de enfermagem, a adolescente raptou a recém-nascida, de apenas um dia de vida, da maternidade Leonor Mendes de Barros, no Brás, região central da capital. Algumas horas depois, os pais da adolescente perceberam o crime e levaram o bebê e a filha à delegacia.

Foram cinco horas de apreensão para Luana Aparecida Pereira, de 26 anos, mãe da criança. Ela disse que, por volta das 18h, a adolescente entrou no quarto com um jaleco branco e identificada como estagiária, pegou o bebê no colo e perguntou se poderia dar uma volta com ele no corredor. Luana autorizou, porém, alguns minutos depois saiu do quarto e não viu mais seu filho.

A maternidade soou o alarme, mas a adolescente conseguiu fugir com o bebê escondido dentro de uma bolsa e foi para casa, de metrô e táxi. Segundo a polícia, ela chegou a trocar as fraldas e a calça da criança, mas foi questionada pelos pais e admitiu ter roubado o bebê da maternidade.

A jovem sofreu recentemente dois abortos espontâneos, no intervalo de um ano e meio. O último há cerca de quatro meses, conforme a polícia. Por volta das 23h30, os pais levaram a jovem e o bebê até o 81º DP (Belém), que foi prontamente devolvido a Luana, na própria maternidade.

* Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: Rapto de criançasmaternidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG