Jovem morre ao ser vítima da 'saidinha de banco' em São Paulo

Vítima teria sacado R$ 2.500 antes de ser abordada por criminosos. Testemunhas afirmam que polícia viu dois homens em uma moto

AE |

selo

O auxiliar administrativo Christopher Cirilo de Assis, de 21 anos, foi morto por bandidos, com um tiro no peito, por volta das 15h45 de terça-feira na rua Itaguajé, Vila Quaquá, região do Sacomã, na zona sul de São Paulo, após deixar uma agência da Caixa Econômica Federal, da qual teria saído com R$ 2.500.

Testemunhas afirmam a policiais militares do 46º Batalhão, que estiveram no local, terem visto dois homens em uma moto abordando a vítima e, na sequência, atirando contra o rapaz, que morreu no pronto-socorro Augusto Gomes de Matos, na Vila das Mercês.

A polícia não soube informar se a dupla levou algum valor de Cirilo, pois familiares do rapaz afirmaram que ele saiu cedo de casa, disse que iria passar no banco para sacar o dinheiro, mas não chegou a entrar em contato com os parentes.

O caso foi registrado no 26º Distrito Policial, do Sacomã.

    Leia tudo sobre: roubobancosão paulomorte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG