Interditada creche em São Bernardo após morte de bebê

Diretora da escolinha deve prestar depoimento hoje ao delegado responsável pelo caso

iG São Paulo |

A Prefeitura de São Bernardo, no ABC paulista, interditou provisoriamente ontem a creche Solarzinho Berçário e Mini Maternal, local em que um bebê de quatro meses morreu na última terça-feira. Segundo a Prefeitura, fiscais da Vigilância Sanitária fizeram uma vistoria no local e constataram falta de higiene. A creche poderá ser reaberta depois de atender as exigências estabelecidas.

Um funcionário, que pediu para não se identificar, informou que está agendada, para a tarde desta quinta-feira, uma reunião entre os advogados da creche e fiscais da Vigilância. Ainda de acordo com o funcionário, a diretora ainda não retornou ao local depois da morte e alega estar sob efeito de medicamentos.

O delegado Nelson Jorge Noronha, responsável pelo caso, ouviu uma professora e a psicóloga da escola, na tarde de quarta-feira. Segundo ele, as duas funcinárias estavam no momento do incidente e disseram que tentaram, sem sucesso, reviver a menina. Ainda segundo o delegado, estão previstas para serem ouvidas nesta tarde a mãe da criança e a diretora da creche.

Noronha adiantou que, embora a escolinha tenha sido interditada, até o momento não há indícios de negligência. "A investigação ainda não constatou nenhum sinal de negligência. A creche foi fechada por apresentar falta de higiene. Uma coisa não tem a ver com a outra. Ainda não recebi o laudo do Instituto Médico Legal (IML) para saber a causa real da morte."

O caso

Bianca Andrade morreu na terça-feira, por volta das 16 horas, na unidade localizada no bairro Suisso, após um suposto mal súbito. A mãe, Marisa Xavier, deixou a filha na creche por volta das 14 horas. Duas horas depois, uma funcionária da creche ligou para Marisa dizendo que ela deveria comparecer na creche urgentemente. Quando a mãe chegou ao local, encontrou a filha morta.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) ainda foi acionada, mas constatou o óbito assim que chegou ao local. Segundo os pais de Bianca, a filha não tinha problemas de saúde. A morte da criança foi registrada no 7º Distrito Policial (DP) do município, que investiga o caso.

Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: mortecriançacrechepolícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG