Inpe: interior de SP é a região mais seca do país nesta segunda

Presidente Prudente, onde não chova há 44 dias, registrou o índice de umidade do ar de 9% nesta segunda-feira

iG São Paulo |

Divulgação
Caminhão pipa é usado para irrigar diariamente áreas verdes do município
A umidade do ar foi de apenas 9% em Presidente Prudente, no interior paulista, a mais baixa registrada nesta segunda-feira no País, segundo José Felipe Farias, meteorologista do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), órgão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em Cachoeira Paulista. "Hoje é a mais baixa do Brasil, a região oeste de São Paulo está numa situação de alerta por causa da baixa umidade relativa do ar", afirma.

E a previsão não é nada boa para a região. O clima seco, com temperatura máxima acima de 35 graus, vai continuar pelos próximos dias. "Até quinta-feira continua assim, com baixa taxa de umidade relativa do ar", avisa o meteorologista, acrescentando que a previsão é de chegada de uma frente fria, mas "não há certeza de chuva pelo menos até quinta-feira".

Ele se diz surpreso com índices tão reduzidos de umidade do ar. "Com esses valores tão baixos, eu nunca tinha visto", diz, referindo-se aos índices de 8%, 6% e 9% anotados, respectivamente, na quinta-feira, ontem e hoje em Presidente Prudente. "Estou preocupado", completa, recomendando à população que evite lugares aglomerados e não pratique esportes nem faça exercícios entre 10 e 16 horas.

Estiagem

Com o tempo seco e a falta de chuva há exatos 44 dias, a prefeitura da cidade mantém o serviço do caminhão pipa para irrigar diariamente as áreas verdes do município. Não chove em Presidente Prudente desde o dia 17 de julho e não há chuva prevista até o dia 8 de setembro.

* com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: presidente prudente. seca.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG