Hospital das Clínicas de SP testa novo exame contra câncer labial

O procedimento, inédito na América do Sul, é feito com um microscópio especial, semelhante a um ultra-som, e não machuca o lábio

Agência Estado |

selo

Uma nova técnica para diagnosticar o câncer de lábio - sem a necessidade de cortes ou anestesia - será testada pelo Hospital das Clínicas (HC) em parceria com a Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP). O procedimento, inédito na América do Sul, é feito com um microscópio especial, semelhante a um ultra-som, que escaneia a área suspeita de lesão, sem machucar o lábio, de acordo com informações do HC.

Em contato com a mucosa da boca, o aparelho emite um laser não lesivo, escaneia a área e encaminha as imagens, em preto e branco, para o computador. A ampliação das imagens possibilita examinar as alterações celulares e indicar se serão necessários outros exames complementares. A biopsia é o exame mais utilizado para o diagnostico do câncer da mucosa oral e da pele.

Segundo informações do hospital, cerca de 50 pacientes em tratamento na clínica de dermatologia, com suspeita de câncer labial, serão os primeiros a passarem pelo novo exame. O equipamento para o exame foi desenvolvido nos Estados Unidos e também já é utilizado em países da Europa. No HC, nesta primeira fase, o equipamento será uma ferramenta de estudo e pesquisa para avaliar o câncer labial.

A doença representa cerca de 15% de todas as neoplasias (alterações celulares que acarretam em crescimento exagerado das células) da cabeça e do pescoço. Na maioria dos casos, o diagnóstico é feito tardiamente, quando a lesão já atingiu um estado avançado. Um dos fatores que mais provoca o surgimento desse tipo de tumor é a exposição contínua ao sol sem nenhum tipo de proteção.

    Leia tudo sobre: câncer labialtestesdorprocedimentoexames

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG