Homicídios em São Paulo caem ao menor nível em 14 anos

Crimes caíram de 1.078, no terceiro trimestre de 2009, para 937 no mesmo período deste ano

AE |

selo

Os homicídios caíram 13% no Estado de São Paulo. A comparação leva em conta os dados do terceiro trimestre deste ano (937 crimes) e os do mesmo período de 2009 (1.078 assassinatos). Os números são os menores desde o início da série histórica, em 1996, na capital paulista (269 casos) e na Grande São Paulo (200 homicídios).

A queda na capital foi de 3% em relação a 2009. Nos demais municípios da Grande São Paulo, porém, a redução foi maior. Ela chegou a 31% - 90 casos a menos do que em 2009. No interior do Estado a diminuição chegou a 8%. Dos 510 casos de 2009, a região contou 468 neste ano.

Com isso, o Estado chegou à marca de menos de 9 casos de homicídio por 100 mil habitantes. "Temos os melhores números de todo o Brasil. A média nacional é de 25 casos por 100 mil habitantes", afirmou o governador Alberto Goldman (PSDB). Na capital, o número cada vez mais se aproxima da barreira dos 10 casos por 100 mil habitantes, antigo objetivo da segurança pública paulista.

No terceiro trimestre ele ficou em 10,8 casos por 100 mil. A Polícia Civil espera em 2011 alcançar esse objetivo. Para tanto, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) tem apostado na política de priorizar a prisão de criminosos contumazes, como justiceiros e traficantes responsáveis por inúmeros assassinatos em um bairro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: crimeassassinatosão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG