Negociação com o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) durou mais de quatro horas

Um homem surdo e mudo manteve sua filha como refém em sua residência, no bairro Vila Nova Perus, na zona norte de São Paulo, durante a segunda-feira. Ele se entregou à polícia por volta das 20h50 de ontem, após negociações com o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate).

De acordo com a Polícia Militar, a mulher dele foi encontrada morta dentro de casa com um tiro. A filha do casal foi libertada, medicada e encaminhada para o Pronto-Socorro da região. O homem manteve a mulher e filha reféns desde as 16 horas.

Homem mantém filha refém por mais de quatro horas após matar a mulher
AE
Homem mantém filha refém por mais de quatro horas após matar a mulher

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.