Duas pessoas foram atacados quando estavam em um ponto de ônibus em frente ao Museu de Arte de São Paulo

selo

Continua internado em estado grave uma das vítimas esfaqueadas por um morador de rua na tarde de ontem na Avenida Paulista, em São Paulo. Segundo a assessoria do Hospital das Clínicas (HC), onde o homem está internado, ele passou por uma cirurgia no tórax e permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave, mas estável. Uma mulher, também vítima do morador de rua, foi atendida e liberada após levar várias pontos em partes do rosto.

Os dois foram atacados por volta das 16h30, quando estavam em um ponto de ônibus em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp). O responsável pelo crime foi preso e encaminhado ao 78.º Distrito Policial (DP), nos Jardins, onde foi autuado por tentativa de homicídio. Segundo a polícia, ele era morador de rua e "surtou". Na hora da prisão, o agressor disse que havia usado drogas - no depoimento essa informação não foi confirmada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.