Homem é suspeito de armar acidente contra ex-mulher

Ele teria jogado o seu Uno contra o Fusca em que estavam a ex-mulher, a sobrinha e a ex-cunhada, que morreu no acidente

AE |

selo

O funcionário público Paulo Sérgio da Silva, de 36 anos, é acusado pela morte de sua ex-cunhada devido a uma colisão entre dois carros que teria ocorrido propositadamente. O choque ocorreu ontem (4), numa estrada vicinal de Tambaú, na região de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo.

Silva teria jogado o seu Uno contra o Fusca em que estavam a ex-mulher, a ex-cunhada e uma sobrinha. O choque foi frontal e fez o Fusca capotar. Sua ex-cunhada, Naraiana Chiarelo de Oliveira, de 33 anos, morreu no local. Silva foi levado para a Cadeia de Casa Branca. A ex-mulher e a sobrinha sofreram ferimentos leves.

Já nesta madrugada, um caminão atropelou e matou Mateus Venâncio de Oliveira, de 22 anos, e Braia Berganez, de 18, na Rodovia Brigadeiro Faria Lima, entre Bebedouro e Taquaral, na mesma região. Eles saíram de uma festa, numa chácara, e andaram pela pista quando foram atingidos. O motorista alegou que não os viu, pois a visibilidade no local, sem iluminação, é ruim. O motorista, sem ferimentos, foi ouvido pela polícia e liberado.

    Leia tudo sobre: acidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG