Homem é procurado por tentar atropelar a ex-mulher e atingir cunhada em SP

Ademir Souza estava em um trecho de declive quando acelerou o carro contra um grupo de mulheres. Bancária de 34 anos foi socorrida, mas morreu horas depois

AE |

selo

A polícia procura pelo pintor Ademir Souza Pinto, de 38 anos, acusado pela ex-esposa, a cabeleireira Alessandra da Silva Souza, 36, de atropelar a irmã dela na esquina entre as avenidas Padre Arlindo Vieira e José Caetano da Rocha, no Parque Bristol, na zona sul da capital paulista.

No ambiente familiar: Mais de 4 mil mulheres são assassinadas por ano no País

Na segunda-feira (9), o pintor estava escondido e parado em um trecho de declive e, com o carro, um Fiat Palio prata, de Alessandra, desceu a avenida em direção a um grupo de mulheres - a ex-esposa, a cunhada e duas amigas delas. 

De acordo com a denúncia, a intenção dele era matar a ex-mulher, mas acabou atropelando a cunhada, a ex-bancária Andréia Ariceles da Silva Souza, de 34 anos, que teve morte encefálica nesta madrugada no Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro de Saboya, no Jabaquara, para onde foi levada por uma equipe dos bombeiros, acionada às 22h07.

O acusado conseguiu fugir. Policiais militares foram acionados e encaminharam os dados da ocorrência para o 83º DP, do Parque Bristol. Alessandra e Ademir ficaram casados por 20 anos e vinham morando na mesma residência. O casal tem três filhos adolescentes.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG