Eletricista de 44 anos teve parada cardíaca após parar veículo. Dois carros foram atingidos no acidente

selo

Um motorista de 44 anos morreu de parada cardíaca após dirigir seu Uno por 300 metros na contramão da Avenida Guido Caloi, continuação da Marginal do Pinheiros, próximo à Ponte Transamérica, no Jardim São Luis, zona sul de São Paulo, por volta das 22 horas de quarta-feira. Dois carros foram atingidos, mas os motoristas escaparam ilesos.

Uno dirigido por eletricista ficou completamente destruído após atingir Celta e Pálio. Condutor não se feriu no acidente, mas morreu de parada cardíaca
Futura Press
Uno dirigido por eletricista ficou completamente destruído após atingir Celta e Pálio. Condutor não se feriu no acidente, mas morreu de parada cardíaca

Segundo informações da polícia, o eletricista Luiz Antônio Duarte da Silva trafegava no sentido Interlagos da Marginal do Pinheiros, próximo ao Centro Empresarial, quando entrou em um posto Shell, fez meia-volta e retornou na contramão. No trajeto, ele atingiu um Celta prata e um Palio preto, até seu veículo parar.

O motorista do Palio, Arlei Valverde de Souza, 29 anos, saiu do veículo para tirar satisfação com Luiz Antônio e a polícia chegou em instantes. Ao ver os policiais, o motorista do Uno tentou fugir a pé, mas foi detido e, enquanto era interrogado, sofreu uma parada cardíaca. Os policiais aplicaram massagem cardíaca ainda na Marginal e o encaminharam ao pronto-socorro Regional Sul, mas Luiz Antônio já estava morto.

"Foi um susto muito grande, de repente vi dois faróis vindo na minha direção e pisei no freio, mas ele me atingiu de frente", disse Arlei, cujo Palio tem seguro. Segundo ele, o motorista do Celta não tinha seguro e ainda pagava as prestações do veículo, que ficou destruído.

Talita Duarte, 21 anos, filha de Luiz Antônio, disse que seu pai havia sofrido um enfarte há quatro anos e tomava remédios de uso controlado para o coração. A família mora na Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte. "Não sei o que pode ter acontecido, ele se comportou normalmente nos últimos dias", disse.

Dentro do carro, os policiais encontraram duas latinhas de cerveja vazias. O caso foi registrado no 92º Distrito Policial, no Parque Santo Antônio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.