Homem dirige na contramão e morre ao tentar fugir em SP

Eletricista de 44 anos teve parada cardíaca após parar veículo. Dois carros foram atingidos no acidente

AE |

selo

Um motorista de 44 anos morreu de parada cardíaca após dirigir seu Uno por 300 metros na contramão da Avenida Guido Caloi, continuação da Marginal do Pinheiros, próximo à Ponte Transamérica, no Jardim São Luis, zona sul de São Paulo, por volta das 22 horas de quarta-feira. Dois carros foram atingidos, mas os motoristas escaparam ilesos.

Futura Press
Uno dirigido por eletricista ficou completamente destruído após atingir Celta e Pálio. Condutor não se feriu no acidente, mas morreu de parada cardíaca

Segundo informações da polícia, o eletricista Luiz Antônio Duarte da Silva trafegava no sentido Interlagos da Marginal do Pinheiros, próximo ao Centro Empresarial, quando entrou em um posto Shell, fez meia-volta e retornou na contramão. No trajeto, ele atingiu um Celta prata e um Palio preto, até seu veículo parar.

O motorista do Palio, Arlei Valverde de Souza, 29 anos, saiu do veículo para tirar satisfação com Luiz Antônio e a polícia chegou em instantes. Ao ver os policiais, o motorista do Uno tentou fugir a pé, mas foi detido e, enquanto era interrogado, sofreu uma parada cardíaca. Os policiais aplicaram massagem cardíaca ainda na Marginal e o encaminharam ao pronto-socorro Regional Sul, mas Luiz Antônio já estava morto.

"Foi um susto muito grande, de repente vi dois faróis vindo na minha direção e pisei no freio, mas ele me atingiu de frente", disse Arlei, cujo Palio tem seguro. Segundo ele, o motorista do Celta não tinha seguro e ainda pagava as prestações do veículo, que ficou destruído.

Talita Duarte, 21 anos, filha de Luiz Antônio, disse que seu pai havia sofrido um enfarte há quatro anos e tomava remédios de uso controlado para o coração. A família mora na Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte. "Não sei o que pode ter acontecido, ele se comportou normalmente nos últimos dias", disse.

Dentro do carro, os policiais encontraram duas latinhas de cerveja vazias. O caso foi registrado no 92º Distrito Policial, no Parque Santo Antônio.

    Leia tudo sobre: acidentemortesão paulotrânsito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG