Homem arrasta cão em carro por 500m em Guarulhos

O ajudante-geral Nivaldo José Cordeiro foi preso quando estava prestes a ser linchado por testemunhas

AE |

selo

Um homem de 41 anos amarrou um cachorro de rua no para-choque do seu carro, um Chevrolet Kadett, e o arrastou por mais de 500 metros na manhã de domingo (11), em Guarulhos. Segundo o acusado, o ajudante-geral Nivaldo José Cordeiro, o cão perturbava os moradores da Rua Rio Negro, no bairro Cidade Soberana, local do crime. Chamada por vizinhos, a Polícia Militar prendeu Cordeiro, que estava prestes a ser linchado por testemunhas.

O cachorro, de aproximadamente três anos, foi resgatado pela PM. Ele teve ferimentos nas quatro patas e o rastro de sangue podia ser visto na rua por vários metros. O animal foi levado para uma clínica veterinária, recebeu curativos, foi medicado e liberado. O cachorro está sob os cuidados do coronel Antonio Belucci, do 31.º Batalhão da PM, que atendeu a ocorrência. "Vamos vaciná-lo, castrá-lo e encaminhá-lo para adoção."

A Polícia Ambiental multou Cordeiro em R$ 1,5 mil. O carro do ajudante-geral foi apreendido e ele foi autuado em R$ 574,61 por falta de habilitação. O caso será investigado pelo 7.º DP de Guarulhos. Se condenado por maus-tratos, Cordeiro pode pegar de três meses a um ano de prisão.

    Leia tudo sobre: maus tratoscão arrastadoguarulhos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG