Governo pode punir Ecovias por acidente em São Paulo

Engavetamento na Rodovia dos Imigrantes, na semana passada, deixou um morto e 51 feridos

AE |

selo

O governador Geraldo Alckmin afirmou hoje que o Estado pode punir a Ecovias, concessionária responsável pela Rodovia dos Imigrantes, após a apuração dos fatos sobre o engavetamento que envolveu cerca de 300 veículos na quinta-feira (15) e deixou um caminhoneiro morto e 51 feridos. Ele não deu detalhes sobre o tipo de punição e ressaltou que aguardará os resultados da apuração.

O acidente interditou a pista norte da Imigrantes por quase um dia e a principal suspeita é que ele tenha sido provocado pela neblina. A pista precisou ser lavada duas vezes devido aos incêndios durante o engavetamento.

Alckmin acredita ainda que o monitoramento de neblina pode ser aperfeiçoado no sistema Anchieta-Imigrantes e que é possível estabelecer uma disciplina melhor nos comboios.

Após o acidente, a Polícia Rodoviária Estadual já anunciou que irá adotar o uso de viaturas para controlar o fluxo de veículos na subida para a capital paulista, tática batizada de "falso comboio". A Operação Comboio que funciona atualmente, apoiada pela Ecovias, só é feita para descer a serra, no sentido litoral.

    Leia tudo sobre: acidentemorterodoviaimigrantes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG