Secretário dos Transportes de SP acredita que provavelmente padrão de monotrilho é o mais adequado para a região

selo

O secretário dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Jurandir Fernandes, informou nesta segunda-feira que nesta semana deve ser definido o modelo do veículo sobre trilhos que ligará o metrô de São Paulo ao Grande ABC (SP). Fernandes disse que se reunirá nesta semana com os prefeitos da região para decidir se será adotado o modelo de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), uma espécie de metrô de superfície, ou de monotrilho.

De acordo com ele, provavelmente o padrão de monotrilho é o mais adequado para a região. "Nós esperamos que a empresa consultora nos dê elementos definitivos para que tomemos a decisão, se vai ser VLT ou monotrilho", disse. "Aparentemente, a impressão que se dá é que o monotrilho é o mais adequado." Mais cedo, o prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT), havia antecipado que o monotrilho deve ser o escolhido e que, nos próximos dias, o projeto será enviado à assessoria técnica do governo de São Paulo.

De acordo com Marinho, a atual proposta está programada para ligar São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul à Estação Tamanduateí da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), da Linha 2 - Verde. O governo do Estado estuda a inclusão ainda de Santo André, o que deve ser determinado também nesta semana. Fernandes disse ainda que a previsão é de que as obras do empreendimento só sejam iniciadas em maio de 2012.

O secretário dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo e o prefeito de São Bernardo do Campo participaram hoje da entrega, pelo governo estadual, de 26 novos ônibus para o Corredor Metropolitano ABD, da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), que liga Jabaquara, na zona sul da capital paulista, a São Mateus, na zona leste, passando por Santo André, São Bernardo, Diadema e Mauá. O evento contou com a participação do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.