Governo de SP conclui etapa do Parque Várzeas do Tietê

Obra é considerada o maior parque linear do mundo, com ciclovia de 15 km e 107 km² de área

AE |

selo

Foi entregue no sábado (30) a primeira fase do Parque Várzeas do Tietê, com a abertura de uma ciclovia de 15 km. Considerado o maior parque linear do mundo, com 75 km de extensão e 107 km² de área, ele só deverá ser concluído em 2014. Nos últimos meses, a obra ganhou destaque pois era apontada como solução para evitar os alagamentos no Jardim Romano, zona leste de São Paulo.

Nessa primeira etapa, o investimento foi de R$ 377 milhões, sendo 30% do governo do Estado de São Paulo e 70% financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O parque deve beneficiar 3 milhões de pessoas na zona leste e tem custo final estimado em R$ 1,7 bilhão. Em julho do ano passado, quando se assinou o convênio com oito municípios atravessados pelo Rio Tietê, para iniciar os trabalhos, a estimativa era de entregar a primeira etapa de obras em janeiro deste ano. Mas as chuvas e enchentes de verão atrasaram as obras, que só foram entregues ontem, na véspera do segundo turno da eleição.

A cerimônia de abertura contou com a presença do governador, Alberto Goldman (PSDB), e do prefeito, Gilberto Kassab (DEM). O projeto do empreendimento inclui estrutura de lazer, ao mesmo tempo que busca recuperar e preservar a várzea natural do rio, além de reduzir riscos de enchentes na Região Metropolitana de São Paulo. Ao todo, serão 33 núcleos de lazer, cultura e esporte, 250 km de ciclovia e Via Parque (com acesso de carro aos núcleos), 77 campos de futebol e 129 quadras poliesportivas.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: Parque Várzeas do TietêcicloviaSão Paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG