Garoto com nódulo no lábio é operado para retirada de hérnia em SP

Caso aconteceu em Bertioga, no litoral. Família diz que não foi avisada da cirurgia e que consultas foram para avaliar nódulo

AE |

selo

Era para ser uma simples cirurgia na boca para a retirada de um nódulo pouco abaixo do lábio, mas J., de 10 anos, deixou o centro cirúrgico com um generoso curativo no abdome, resultado da retirada de uma hérnia na altura do umbigo. O procedimento foi realizado na quinta-feira passada, no Hospital Municipal de Bertioga, litoral de São Paulo. J. teve alta no mesmo dia.

A mãe de J., a dona de casa Lucinéia Matias Castro, contou que ficou assustada quando encontrou o filho após a cirurgia. Ela havia sido informada que o procedimento havia dado certo e que o menino reagira bem. Quando chegou ao quarto, ela notou o engano: o nódulo continuava na boca e no abdome havia um curativo.

De acordo com Lucinéia, a médica que operou o garoto o acompanhava desde junho do ano passado, quando foram solicitados os exames pré-operatórios. “Ele passou três vezes por consulta com a mesma médica com esse objetivo”, relata a dona de casa. A guia em suas mãos deixava claro que o garoto passaria por uma operação para a retirada de um nódulo na boca.

Luiz Fernando Rosa, pai de J., está inconformado com o caso. “É preciso que alguém se responsabilize pelo o que aconteceu com o meu filho”. Ele afirma que pode ser até que J. tivesse uma hérnia. “Mas, para que a cirurgia ocorresse, a família tinha de ser avisada antes. Me surpreende o fato de ele nunca ter apresentado qualquer sintoma do problema.”

A Secretaria de Saúde de Bertioga abriu sindicância para apurar o caso e informou que se pronunciará apenas após a conclusão das investigações. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: saúdecirurgiacriançaerro médico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG