Garota de 13 anos sofreu dois estupros coletivos em Sorocaba

Acusados têm entre 12 e 14 anos e são estudantes; dois deles são alunos da mesma escola da vítima

AE |

selo

A Polícia Civil de Sorocaba (SP) já identificou sete rapazes acusados de estuprar uma garota de 13 anos, este mês, no Wanel Ville, bairro da zona oeste da cidade. A adolescente foi submetida a duas sessões de estupro coletivo, segundo o delegado José Augusto Pupin, da Delegacia da Infância e Juventude (Diju), que ouviu os acusados.

Ela havia conhecido um dos rapazes pela internet. No primeiro caso, dia 5 deste mês, a adolescente foi obrigada pelo garoto a fazer sexo oral nele e em dois amigos dele. Uma semana depois, ela foi violentada por seis garotos, entre eles o namorado e um dos que já a havia abusado anteriormente, num terreno baldio do bairro.

Saiba mais: Estupros aumentam 11,5% em São Paulo

Os acusados têm entre 12 e 14 anos e são estudantes, mas apenas dois são alunos da mesma escola da vítima. Como houve contradição entre as versões, o delegado vai ouvir a menina novamente na próxima semana. Ele aguarda ainda o laudo dos exames nas roupas da adolescente. Caberá à Justiça, após o fim do inquérito, decidir se aplica aos infratores medidas sócio-educativas ou internação na Fundação Casa.

A polícia começou a investigar outro estupro coletivo praticado por cinco rapazes contra uma menina de 12 anos em dezembro do ano passado, num bairro da zona norte. Os garotos teriam gravado as cenas e ameaçavam postar na internet caso ela os denunciasse. A garota e sua mãe já foram ouvidas.

    Leia tudo sobre: estuprosorocabaadolescentes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG