Gangue especializada em “chupa-cabras” é presa em São Paulo

Operação da Polícia Federal combate fraudes em clonagem de cartões. Os "chupa-cabras" copiam os dados dos cartões

Thiago Guimarães, iG Bahia |

A Polícia Federal realiza nesta segunda-feira (5), em São Paulo, operação de combate ao furto de contas bancárias por meio da clonagem de cartões.

As investigações do caso começaram na Bahia, a partir da identificação de impressões digitais de dois suspeitos em aparelhos “chupa-cabras” (que copiam os dados dos cartões) instalados em terminais da Caixa Econômica Federal em Salvador. A ação do grupo foi mapeada por meio do banco de dados do projeto Tentáculos, criado pela PF e Caixa para coibir fraudes bancárias via internet e clonagem de cartões.

Policiais cumprem oito mandados de busca e apreensão e sete de prisão preventiva. O grupo suspeito tem sede em São Paulo, mas atuava em pelo menos cinco Estados, informou a PF. Os membros da suposta quadrilha possuem entre 25 e 35 anos e já haviam sido presos em outras ocasiões – há indícios de envolvimento do grupo em outros crimes, como explosões de caixas eletrônicos.

A suspeita é que a quadrilha tenha causado prejuízo superior a R$ 500 mil. Durante a operação, liderada pela PF na Bahia, com apoio da corporação em São Paulo, também foram apreendidos cartões clonados, carros, bens e artigos de luxo. Os suspeitos responderão por furto qualificado mediante fraude, formação de quadrilha, quebra de sigilo telemático e quebra de sigilo bancário.

    Leia tudo sobre: cartão de créditoclonagempolícia federalpf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG