Forte chuva faz córregos transbordarem e derruba árvores em SP

Córregos transbordaram deixando motoristas ilhados. Bombeiros atendem mais de 180 chamados de queda de árvores na capital

iG São Paulo |

AE
Passageiros de ônibus observam alagamento na avenida Abraão de Moraes, na Saúde, na zona sul da capital
A chuva que atingiu a região metropolitana de São Paulo nesta segunda-feira deixou os bairros do Ipiranga e do Jaçanã em estado de alerta nesta tarde. Os córregos Ipiranga e Jaçanã e o rio Tamanduateí transbordaram deixando pontos intransitáveis de alagamento. Neste momento, não há mais estados de atenção na capital paulista, que chegou a registrar 42 pontos de alagamento  e ventos de 97km/h, na zona norte. O aeroporto de Congonhas, na zona sul, ficou fechado das 14h19 às 15h, e faltou luz em alguns bairros.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a corporação recebeu pelo menos 181 chamadas relativas a queda de árvores por conta das chuvas em São Paulo. Às 18h, 39 já haviam sido atendidas, 22 estavam em atendimento e 120 ainda estavam pendentes. Em uma outra ocorrência, um desabamento provocado pelas chuvas na rua Santa Cruz do Rio Pardo, em Americanópolis, na zona sul, deixou duas pessoas feridas. Neste domingo, uma mulher foi atingida por um raio dentro do Parque Villa-Lobos , na zona oeste de São Paulo. Ela está internada em estado grave no Hospital das Clínicas, segundo informações da assessoria de imprensa do hospital.

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 20h, a cidade tinha 57 quilômetros de lentidão, índice dentro da média para o horário. Os pontos de maior lentidão estão no Corredor Norte/Sul, sentido Santana, do viaduto João Julião da Costa Aguiar até o viaduto São Joaquim (7,5 km); na avenida Vereador José Diniz, sentido centro, da rua da Fraternidade até a avenida dos Bandeirantes (4,3 km); no corredor Rebouças/Eusébio, sentido centro, da ponte Eusébio Matoso até a avenida Paulista (4,3 km); na avenida Paulista, sentido Paraíso, da avenida Doutor Arnaldo até a praça Oswaldo Cruz (2,7 km).

AE
Ponto de alagamento na avenida Luiz Ignácio de Anhaia Melo, na região da Vila Prudente, zona leste

Conforme o CGE, as instabilidades que atuam sobre a capital diminuiram e boa perte da cidade registra apenas chuva leve. Na Grande São Paulo, chove moderado somente nos municípios de Francisco Morato, Franco da Rocha, Caieiras e Santana de Parnaíba, como na imagem enviada pelo internauta Neno Gomes, de São Caetano do Sul .

Neno Gomes/Minha Notícia
Foto da chuva em São Caetano no Sul, na Grande São Paulo, enviada por leitor
Às 14h25, o aeroporto de Congonhas registrou rajadas de vento de até 54 km/h. No Campo de Marte, os ventos chegaram a 45 km/h às 16h00. Em Guarulhos, as rajadas foram de 31 km/h às 14h50. Segundo o CGE, houve queda de granizo na região de Santana, próximo à estação de metrô Carandiru, por volta das 14h40.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), São Paulo registrou na zona norte a maior rajada de vento desde 2007. Ela alcançou 97 km/h. O registro foi feito por medidores no Mirante Santana.

Nesta terça-feira, as condições atmosféricas não mudam muito. Novamente os termômetros devem registrar temperaturas elevadas, em torno dos 33ºC. Os temporais retornam à Grande São Paulo e capital a partir do meio da tarde. As simulações indicam que as chuvas devem se prolongar até o início da noite. Na quarta-feira, a passagem de uma frente fria pelo sudeste aumenta o risco de chuvas fortes e mais generalizadas para todas as regiões da capital e Grande São Paulo. As temperaturas permanecem altas e a máxima fica próxima dos 30ºC.

Falta de luz

A chuva também deixou diversos bairros sem eletricidade. O mais afetados foram a Vila Mariana, Vila Maria, Mooca, Santana, Tremembé, Socorro e Tatuapé, de acordo com a AES Eletropaulo. O município de Diadema também ficou sem luz. Segundo nota da concessionária, "a rede aérea (de eletricidade) foi afetada pela forte chuva, ventos e raios que atingiram hoje, à tarde, a capital e região metropolitana. Por volta das 14h, foram registrados ventos que ultrapassaram 100 km/h. Cerca de mil raios caíram na área de concessão da AES Eletropaulo. Houve queda de aproximadamente 120 árvores."

A AES Eletropaulo informou que colocou cerca de 750 eletricistas, técnicos e engenheiros para atenderem os problemas de falta de luz. Segundo a empresa, até as 19h a energia já havia sido restabelecida em 55% das ocorrências. Ainda de acordo com a empresa, os clientes que estão sem eletricidade podem enviar um torpedo para o número 27373 e comunicar a interrupção. Devem enviar um SMS com a palavra "luz" e o número da instalação, disponível na conta de luz. O serviço é gratuito, de acordo com a Eletropaulo.

Trens

As chuvas também causaram alagamentos nas linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A Estação Jardim São Paulo, na linha 1- Azul do Metrô ficou alagada e foi fechada por volta das 15 horas e reaberta às 16 horas. Durante esse intervalo, os trens passaram direto pelo local e os usuários tiveram que desembarcar em outras estações (Santana ou Parada Inglesa). As demais linhas operaram normalmente durante o temporal, apenas com redução de velocidade nos trechos descobertos.

Maiores índices pluviométricos registrados até as 17h:

Aricanduva (Foz) - 55,0mm
Córrego Ipiranga - 50,6mm
Ribeirão dos Meninos (São Caetano do Sul) - 48,8mm
Ribeirão dos Couros (São Bernardo do Campo) - 48,8mm
Rio Tietê (Barragem da Penha / Jusante / Guarulhos) - 45,4mm
Ribeirão dos Couros (Ford / São Bernardo do Campo) - 44,6mm
Rio Tamanduateí (Vd. Pacheco Chaves) - 44,6mm
Vila Mariana - 40,4mm
Córrego Oratório - 39,6mm
Prosperidade (São Caetano do Sul) - 37,6mm
Rio Tamanduateí (Mercado Municipal) - 32,2mm
Rio Tietê (São Miguel / Guarulhos) - 27,5mm
Aricanduva (Shopping) - 20,8mm
CGE (Consolação) - 18,8mm
Oratório (Mauá) - 17,0mm
Córrego Jacú (Jd. Pantanal) - 16,6mm
Rio Tamanduateí (Mauá) - 14,8mm
Rio Tamanduateí (Mauá) - 14,4mm

AE
Nuvens escuras anunciavam a chuva na região de Santana, na zona norte da cidade de São de Paulo

    Leia tudo sobre: chuvaestado de atençãosão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG