Foragidos ganham destaque nacional

Advogado, médico e estudante compõem a lista de principais procurados pela Justiça do Estado

iG São Paulo |

Entre os milhares de foragidos do Estado de São Paulo , alguns ganharam repercussão. Os crimes dos quais são acusados, seja pela frieza ou gravidade, viraram destaque no noticiário nacional. Confira abaixo os mais famosos foragidos de São Paulo:

O ADVOGADO

AE
Mizael Bispo de Souza está foragido desde o dia 7 de dezembro de 2010
Nome: Mizael Bispo de Souza
Profissão: Advogado e policial militar reformado
Cidade: Guarulhos, SP
Acusação: Acusado pela morte da ex-namorada Mércia Nakashima
Foragido desde: 7 de dezembro de 2010

O caso :

Mizael Bispo de Souza é acusado pela morte da ex-namorada Mércia Nakashima, de 28 anos, e teve a prisão decretada em 7 de dezembro de 2010.

Mizael e Mércia eram sócios em um escritório de advocacia e namoraram por cerca de quatro anos. Após o rompimento, Mizael teria ficado inconformado e, segundo a família da vítima, insistia para que reatassem o namoro, passando a perseguí-la.

Mércia foi vista pela última vez no dia 23 de maio de 2010, no bairro Macedo, em Guarulhos, na casa da avó. Depois que saiu de lá, não fez mais contato com amigos ou a família. No dia 11 de junho, um pescador encontrou o corpo dela boiando em uma represa de Nazaré Paulista, mesmo local onde um dia antes o veículo dela havia sido localizado.

O VIGIA

AE
Vigia Evandro Bezerra teve a prisão decretada no dia 7 de dezembro de 2010
Nome: Evandro Bezerra Silva
Profissão: Vigilante
Cidade: Guarulhos, SP
Acusação: Acusado pela morte da advogada Mércia Nakashima
Foragido desde: 7 de dezembro de 2010

O caso:

Evandro Bezerra Silva foi denunciado pela Justiça de São Paulo por homicídio duplamente qualificado (emprego de meio insidioso ou cruel e mediante recurso que tornou impossível a defesa da vítima), além de ocultação de cadáver.

Ele é acusado de ser comparsa de Mizael Bispo de Souza na morte da advogada Mércia Nakashima, ao buscá-lo na represa de Nazaré Paulista após Bispo ter supostamente cometido o crime.

O MÉDICO

AE
Médico especialista em reprodução humana acusado de ter praticado 56 crimes sexuais está foragido desde 06 de janeiro
Nome: Roger Abdelmassih
Profissão: Médico especialista em reprodução humana
Cidade: São Paulo, SP
Acusação: Acusado de ter praticado 56 crimes sexuais contra ex-pacientes
Foragido desde: 06 de janeiro de 2011

O caso:

O médico especialista em reprodução humana Roger Abdelmassih foi condenado, em novembro de 2010, a 278 anos de prisão sob acusação de estupro e atentado violento ao pudor a pacientes.

No início das investigações, a Promotoria chegou a receber cerca de 70 relatos de supostas vítimas de Abdelmassih. Mulheres que passavam por tratamento contra infertilidade na clínica dele o acusam de ter cometido atos libidinosos, como beijar à força e passar as mãos no corpo delas durante atendimentos.
As vítimas disseram ter surpreendido o médico tocando-as quando começavam a despertar dos efeitos da anestesia que recebiam para os procedimentos de extração ou de implantação de óvulos.

O médico chegou a ser preso em agosto de 2009, mas havia conseguido uma liminar de habeas corpus para recorrer da condenação em liberdade. No entanto, na petição, o Ministério Público sustentou que um novo decreto de prisão seria cabível caso fatos novos surgissem.

O MÚSICO

AE
O músico Evandro Gomes segue foragido desde 2008. Pagodeiro chegou a prestar depoimento disfarçado em 2010, mas não foi preso
Nome: Evandro Gomes Correia Filho
Profissão: Músico
Cidade: São Paulo, SP
Acusação: Acusado de matar sua ex-esposa Andréia Cristina Bezerra Nóbrega
Foragido desde: 18 de novembro de 2008

O caso:

Segundo a versão da polícia, o filho do casal contou que os pais tiveram uma discussão e que Evandro ameaçou matar mãe e ele com uma faca de cozinha. Para evitar o crime, a mulher jogou a criança pela janela do apartamento e depois pulou. O menino caiu e ficou sobre a marquise do prédio, já a mãe bateu na marquise antes de cair na calçada e acabou morrendo.

No dia 29 de setembro de 2010, usando uma peruca, barba falsa e óculos escuros, o músico reapareceu para reafirmar sua versão de que não matou a ex-mulher. Na ocasião Evandro não pôde ser preso em razão da lei eleitoral e, desde então, não foi mais visto.

O ESTUDANTE

AE
Jovem agredido na avenida Paulista aponta Jonathan Lauton como um dos principais agressores
Nome: Jonathan Lauton Domingues
Profissão: Estudante
Cidade: São Paulo, SP
Acusação: Acusado participas da agressão a três pessoas na avenida Paulista
Foragido desde: 21 de dezembro de 2010

O caso:

No dia 14 de novembro, um grupo de cinco jovens, sendo quatro menores de idade, e Jonathan Lauton, de 19 anos, foi preso acusado de agredir quatro pessoas. De acordo com relato das vítimas, durante a agressão os rapazes disseram frases como: "suas bichas" e "vocês são namorados".

Segundo a Polícia Civil, o grupo realizou o primeiro ataque contra dois rapazes, sendo que um deles ficou com vários ferimentos no rosto depois de ser agredido com duas lâmpadas fluorescentes usadas como arma. Pouco tempo depois, atacaram contra outro jovem na Paulista.

    Leia tudo sobre: crimejustiçaforagidosão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG