Feriado deixa 65 mortos nas estradas de São Paulo e Minas Gerais

Em SP, índice de mortos caiu 9,5%, enquanto o de acidentes aumentou 16,2% em relação a mesma operação de 2007

iG São Paulo |

O feriado do dia 15 de novembro, Proclamação da República, foi violento nas estradas de boa parte do País. Os Estados de São Paulo e Minas Gerais registraram juntos 65 mortos nas estradas. Em São Paulo o balanço foi feito levando em conta as estradas estaduais e, em Minas, as federais.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), São Paulo teve 1.045 acidentes, que deixaram 345 pessoas feridas e 30 mortas. Dos mortos na estrada, 11 foram motociclistas e 4 pedestres, o restante passageiros de carros.

Conforme o órgão, houve uma queda de 9,4% no índice de acidentes em relação a 2007. Em 2009 e 2009 não ocorreram operações especiais, já que o feriado caiu em um sábado e domingo, respectivamente.

A PRF afirma também que o índice de feridos caiu 30,4%, enquanto o de acidente aumentou 16,2%.

O índice de acidentes (IA) não representa o número absoluto de acidentes ocorridos nas estradas. Ele é calculado levando-se em consideração, além dos dados quantitativos (absolutos), a extensão das rodovias, o volume diário médio de veículos (VDM) e o período.

Minas Gerais

Em Minas Gerais, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram registrados 434 acidentes, causando ferimentos em 250 pessoas e deixando 35 mortos. Os dados este ano foram colhidos entre os dias 12 e 15 deste mês.

Em comparação com o último feriado de 2010, Dia de Finados, todos os índices aumentaram. Na operação do dia 2 de novembro foram 367 acidentes, que deixaram 221 feridos e 23 mortos.

    Leia tudo sobre: estradasferiadoacidentesprf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG