Estudantes decidem manter ocupação de reitoria da USP

Justiça deu nesta quinta-feira um prazo de 24 horas para que o prédio seja desocupado. Uso de força policial foi autorizado

iG São Paulo |

Os estudantes da Universidade de São Paulo (USP) decidiram na noite desta quinta-feira que vão permanecer no prédio da reitoria, ocupado desde a madrugada de quarta-feira (2). A decisão pela continuidade da ocupação foi tomada durante assembleia.

Leia também: USP divulga imagens da invasão no prédio da reitoria. Veja o vídeo

AE
Prédio da reitoria da universidade permanece ocupado por estudantes nesta sexta-feira

Na quinta-feira (3), a Justiça deu um prazo de 24 horas para que todos os estudantes desocupem o prédio dentro da Cidade Universitária, na zona oeste da capital paulista. O prazo vale a partir do momento em que o oficial de justiça entregar o aviso aos ocupantes, o que não havia ocorrido até o início da tarde desta sexta.

Embora a juíza Simone Gomes Rodrigues Casoretti, da 9ª Vara da Fazenda Pública Central, tenha afirmado que a reintegração deve ser realizada "sem violência" e em "clima de paz", o uso da força policial está autorizado após o cumprimento do prazo.

O prédio da reitoria da USP foi ocupado após uma assembleia de estudantes decidir pelo cancelamento de outra invasão, no prédio administrativo de Filosofia , na noite de terça-feira. O primeiro ato ocorreu em protesto pela detenção de três estudantes que estariam fumando maconha no estacionamento na última semana.

Na tarde de quinta, a reitoria divulgou imagens das câmeras instaladas no prédio da reitoria que mostram o momento em que várias pessoas forçam o portão e invadem o local.

AE
Assembleia dos estudantes que ocupam o prédio da reitoria da USP, realizada na noite passada

    Leia tudo sobre: usppolícia militarocupaçãoreitoria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG